sábado, 27 de março de 2010

Enquanto chovia

Apesar de preferir me manter isenta sobre alguns fatos,não me manifestar para não falar bobagem, para não ser tendenciosa, injusta, há momentos que não é possível se calar, é preciso tomar alguma posição, pelo sim ou pelo não. Apesar da Chata-de-Galochas estar de férias, às vezes ela manda uma mensagem.
Nesta quinta-feira, foi uma sorte não ter sido atingida por uma árvore durante a chuva da hora do almoço, já estava no carro, fazendo meu caminho de sempre ,quando resolvemos voltar para casa, chovia tanto que não era possível continuar, o limpador não dava conta, era muita água, fizemos o retorno e para nossa surpresa, no caminho de volta havia umas cinco árvores caídas, derrubando a rede elétrica e impedindo a passagem, um início de inundação. Na sexta-feira, mais ou menos no mesmo horário, a chuva me pegou novamente e acena se repetiu, árvores caídas, início de inundação.
Para o caso de chuva em São Paulo, usar o velho discurso da impermeabilização do solo, do aquecimento global é quase aceitável, se não fosse alguns pequenos detalhes... o primeiro deles é um pequeno fato histórico, a cidade foi fundada numa colina do Vale do Anhangabaú, afinal era janeiro e o rio estava muito alto, não dava para passar para o outro lado! Portanto há mais de 400 anos os paulistanos conhecem essa característica da cidade, e para a surpresa de todos, as coisas por aqui não funcionam, não há limpeza de bueiro, as construções clandestinas invadem todas as áreas de manancial, parece que nenhuma ação pública é suficiente para resolver a questão, os governantes ainda não entenderam que promessa e propaganda de piscinão, não evita inundação, a construção e a manutenção são a única solução!
Dizem por aí que os resultados do BBB 10 estão sendo manipulados, assim espero, caso contrário, por favor, parem o bonde que eu quero descer, não é possível tanta homofobia, tanta misoginia, tanta covardia, qual a razão de manter com tanta convicção uma pessoaa tão arrogante e autoritária como a dançarina sarada? E o moço da suástica que já teve a chance dele, e a cada dia mostra-se mais e mais preconceituoso, qual é a razão dessa manutenção? A filha-que-já-pode-votar, tem uma teoria, ganha o BBB quem aparece na capa da Capricho, quem sabe, assim foi com o Max, com o Rafinha, com o Alemão...
Quanto ao casal Nardoni, me parece que o resultado já era o esperado, foram condenados, um caso que mobilizou o país, mesmo querendo, ninguém consegue se manter isento, a razão é muito simples, foi um crime contra uma criança indefesa, pelo que tudo indica, praticado por dois adultos, sendo um deles o próprio pai, não há perdão para esse tipo de crime, não há moral, não há nada que possa amenizar o ocorrido.
Imaginando que a menina tivesse beliscado o meio-irmão, a coisa mais grave que consigo imaginar uma criança de cinco anos fazendo no bando traseiro de um carrinho como o do casal Nardoni, mesmo que a madrasta tivesse perdido a linha e exagerado no corretivo que pretendia dar na enteada, qualquer coisa além de um tapa é exagerado, mas estamos falando de uma madrasta, que pelo jeito é mesmo destemperada, ciumenta, bem ao estilo das madrastas mais conhecidas, mais malévola que a madrasta da Cinderela, praticamente a Rainha Má da Branca de Neve.
No caso da Isabela, o pai está presente (dizem que nas histórias também, o objeto da disputa é o pai), por mais que ele não quisesse desautorizar a mulher, podia ter dado um basta, ou pelo menos levar a filha para o hospital! Podemos dizer que eles tinham uma relação pautada na doença.
Enquanto chovia, os professores estavam concentrados na frente do Estádio do Morumbi, parece que eram sete mil manifestantes, número nada representativo do universo dos professores estaduais, entre esses manifestantes, havia representantes da CUT, da UNE, todos bem inflamados dispostos a entrar em conflito com a polícia, a baderna já era esperada, afinal é ano de eleição.
São mesmo os professores que foram para a rua?
A questão é o motivo da greve, os professores querem reajuste salarial, como sempre, nem vou discutir esse ponto, afinal em época de dissídio isso é natural, no entanto, fiquei surpresa com a recusa dos professores em fazer a prova para receber o tal bônus, qual a razão de tanto estardalhaço? São os próprios professores que não abrem mão das provas para avaliar os alunos, são os professores que fazem objeções às mudanças, que não aceitam nenhum tipo de direcionamento, que apresentam resistência às propostas metodológicas.
Quando participei da aplicação e da digitação dos questionários da pesquisa, fiquei chocada com a quantidade de abobrinhas proferidas pelos professores, é impressionante a facilidade com que tendem a apoiar a manutenção de ideias antigas, como são acomodados, de qualquer maneira esse tipo de confronto é inaceitável, como é possível dar uma classe de alunos para uma pessoa que é capaz de enfrentar a polícia de maneira tão violenta?

2 comentários:

asnalfa disse...

Adoro a chata-de-galochas! Realmente Paola, o mundo está perdido!! Minha esperaça é que a samambaia do Cadu ganhe este BBB!
Será que somos apenas nós dois que detestamos o Dourado e a Lia? Tá na cara a homofobia e machismo do Dourado! Só não vê quem não quer!
Bjos.

Ana R. disse...

Não são só vocês que detestam a Lia e o Dourado. A homofobia e o machismo, se juntam ao que há de ainda pior. Que tal a frase do Dourado: quando me estresso, chuto um poodle, ou algo assim? Mas o pior mesmo é a quantidade de cretinos que se identificam com o sujeito. A Lia já partiu, menos mal. Mas custou, viu? E a Globo foi obrigada ontem, por lei, a veicular uma informação sobre AIDS. Os heterossexuais também pegam. Nunca vi uma edição tão canalha como essa. E os discursos do Bial, nojentos, chamando a Lia de deliciosa. Faça-me o favor! Sabemos que o BBB é feito pela Globo para ganhar dinheiro e "divertir ", como diz o cretino do Boninho. Mas tanto tem consequências na formação de opinião, que o Ministério Público obrigou a Globo a ratificar a fala idiota do Dourado sobre AIDS. Estamos mesmo perdidos, a não ser que a Fernanda leve o prêmio, mesmo sem ter maiores méritos. No momento, é menos pior. O Cadu, em sua doentia aliança com a Lia, não merece ganhar. Que mundo é esse?