terça-feira, 17 de novembro de 2009

Bestialidade Global

Eu estava certa, nunca mais iria comentar a novela, mas as coisas não são assim.
Depois de assistir, com minhas filhas, Crepúsculo, filme fraquinho, sem sentido, mudamos de canal, e não é que demos de cara com uma cena bastante bizarra, e a Chata-de-Galochas acordou.
Pelo que eu entendi, o resumo da tragédia Leblônica é mais ou menos assim:
Magnata, beirando a senilidade, separa-se da mulher, ex-modelo recolhida, é pai de uma modelo em início de carreira, sem muito talento, se engraça e casa com a arquiinimiga da filha, uma modelo já consagrada. Para fazer as pazes com a filha mimada de seu marido a modelo consagrada, leva a agora enteada à uma turnê de desfiles na Jordânia(?), lá a mocinha mimada, joga na cara da modelo consagrada algumas verdades sobre o passado não tão glorioso da agora madrasta, que dá um sopapo na cara da menina sem papas na língua. No último dia de viagem, a modelo consagrada manda a menina mimada viajar de ônibus, o ônibus sofre um acidente e a única que se fere é a menina mimada, fica tetraplégica. A modelo consagrada, sentindo-se culpada, perde a pose, chora o tempo todo, o nariz sujo de meleca é invariavelmente limpo na manga de malha do conjuntinho básico que ela usa durante vários capítulos.
A mãe da menina mimada, ao saber da história toda, vai tirar satisfações da modelo consagrada, sabendo de tudo, aproveita para lavar a roupa suja e ainda dar uma espezinhada na, agora sua arquiinimiga.
Quem não assite a novela consegue perceber o teor mexicano da trama, até ai não tem nenhuma novidade, a questão esquisita é o tal fato obscuro do passado da modelo consagrada, e é aí que a porca torceu o rabo.
A tal modelo consagrada ficou grávida no início da carreira, na mesma época em que conseguia o contrato miraculoso, com ele passaria a ser conhecida, por isso ela faz um aborto.
Então a Chata-de-Galochas começa a desfiar a o rosário de perguntas indignadas:
Há a pretensão de se fazer uma campanha anti-aborto? Se sim, alguém está tomando água de privada, sem dar a descarga: e aquele monte de cenas de sexo, a maioria com o José Mayer, cada vez com uma mulher diferente, no barco, na cama, na praia? Inclusive as cenas de sexo, quase explícito da agora tetraplégica com o namorado no vestiário do clube? É para mostrar come se engravida, sem erro? Ninguém deu aula de como se usar camisinha, pílula ou qualquer outro contraseptivo, mas fazem um discurso todo cheio de preceitos sobre o certo e o errado.
Aborto? Ah! esse é um assunto bem complexo, envolto em uma grossa camada de todo tipo de tabus, desde os mais antigos e religiosos, aos moralistas travestidos de moderninhos.
Que falsidade, não é? Discutir a sexualidade do jovem ninguém quer. Se responsabilizar por um programa de educação sexual que atinja o jovem de verdade, ninguém quer.
Demagogia esse é o nome que eu dou para esse tipo de mensagem, qual é a proposta, afinal? Assumir toda gravidez que aparecer? Custe o que custar? Ninguém orienta, ninguém faz um contra-ponto entre o prazer sexual e a responsabilidade, há muito discurso retrogrado, há muitos estímulos sexuais, infelizmente, os desavisados ficam com os estímulos sexuais.
Demagogia é o nome dessa farsa, não adianta doar dinheiro para o Criança Esperança e continuar estimulando o sexo irresponsável. Isso pode se chamar, também de manutenção do estado de coisas. Ignorância que gera miséria! E o caso é que não é a primeira vez, o mesmo autor já tocou no assunto, todo mundo lembra, a adolescente que engravida na Holanda e morre num acidente, os gêmeos nascem... a menina tem síndrome de Donw? Lembrou? A Lília Cabral enchendo a cara da filha de porrada? Rejeitando a neta?
Como se faz para fazer com que a justiça comece a questionar a novela?

4 comentários:

Ana Barros disse...

é isso mesmo, sempre a mesma coisa, as mesmas estórias... E o povo não se cansa. Sem falar que não dá pra acreditar que as pessoas assitam à TV no domingo, reclamando que a programação é uma droga. Mas desligar a tv ninguém quer, né ?
bjos

LuMa disse...

Paola, fazia dias que eu não ria tanto como neste post!!! Juro, consegui te visualizar, a Chata-de-Galocha sentadinha no sofá e bufando sobre tudo e sobre todos, hahaha!! Aposto que vc não se conteve e pegou suas filhas pra ouvir tudo isso, hahaha!

Mas cá entre nós, deixa os mexicanos descobrirem isso. Vai ter êxodo de autores brasileiros pra lá! Apesar dessas incongruências, 180 milhões ficam colados na telinha todas as noites!

asnalfa disse...

Adoro o jeito que vc escreve Paola, principalmente estes textos politizados seus.
Aguarde os proximos capitulos. Acho que a novela ta começando a engrenar. Me parece que vao colocar um homem bissexual la.

Anônimo disse...

[url=http://firgonbares.net/][img]http://firgonbares.net/img-add/euro2.jpg[/img][/url]
[b]buy adobe acrobat software, [url=http://firgonbares.net/]between academic software[/url]
[url=http://firgonbares.net/][/url] ms office compatible software purchase order software
Suite 4 Master [url=http://firgonbares.net/]32-bit Retail Price[/url] purchased software
[url=http://firgonbares.net/]free adobe creative suite 4 design standard[/url] academic version, adobe creative suite 4 premium
[url=http://firgonbares.net/]buy photoshop uk[/url] nero dvd burner
teachers discount software [url=http://firgonbares.net/]soft sales oem software[/b]