quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Um dia eu fui professora

Professora, minha tia achou uma pasta aqui em casa, com todos os meus boletins do Galileu. Inclusive uma cartinha de Avaliação Coletiva que você fez sobre a nossa 2 série D! que a gente chamava de "Pensei pensei mais não achei", lembra? hahaha. Na cartinha vc fala sobre todo o trabalho que fizemos e em um trecho comenta sobre aquele Outdoor que fizemos! demais, muitas lembranças! Achei também 3 ou 4 desenhos que fiz pra você, e não sei pq ficaram por aqui! em um dos desenhos, está escrito "Gosto de você Paola!" e no outro "A Paola não precisa melhorar em nada!" HAHAHA sempre tive fascinação por você. Que delícia ter tido você como professora! Um Beijão.

Eu recebi esse recado de uma aluna (uma vez aluna, aluna até morrer!) do Galileu, mensagem que mexeu comigo, com minhas emoções, minhas lembranças... minhas coisas e surpresa! eu não tenho o tal relatório, mas tenho uma foto muito especial, a foto do tal outdoor, veja bem, é um outdoor de verdade, foi planejado e executado por uma classe de crianças de oito anos! Naquela época quem dava aula de artes era a própria professora, polivalência levada às últimas consequências! Até na intalação eles deram palpites! Cada uma das trinta e duas folhas foram trabalhadas pelas crianças, cada uma desenhou seus rostinhos numa folha, depois montamos e fizemos as ligações entre as folhas, a última fileira foi pintada e eu escrevi a frase eleita, parece a frase de uma certa rede de supermercados!
O outdoor foi a tônica do ano, estudamos muitas coisas para aprender o que era, como se fazia, para que servia os tais outdoors. No ano seguinte, a próxima turma fez uma coisa mais incrementada, cada um desenhava em várias folhas, coisa de professora biruta, ninguém supõe toda a parafernália envolvida em cada sessão de pintura.
Mexendo nas tais das minhas coisas. também encontrei essa outra foto, essas crianças, também alunos do Galileu, dessa vez era carnaval, montamos uma escola de samba, com enredo e tudo, mais uma vez soubemos tudo que tinha que saber sobre escolas de samba e sobre Galileu Galilei o homenageado honorário. Escola de samba de verdade, com comissão de frente, porta-bandira bateria e até carro de som, a escola saiu debaixo da maior chuva, foi sensacional, todas as professoras e professores daquela escola eram incrivelmente ativos, por isso nós fazíamos essas coisas!
Mais um pouco encontrei essas outras duas fotos, agora essas meninas são mulheres, profissionais, uma delas é mãe e vive se desculpando por aí.
Também achei essa ai, eu estou ensinando as crianças da classe da filha-que-já-pode-votar fazer macarrão, pois além de todas as coisas que eu fazia com minha classe, ainda era convidada pela outra professora afinal as mães também participavam! Depois desse rápido passeio pela minha vida pregressa, só posso concluir que enquanto estive dentro da sala de aula, estive inteira, vai ver é por isso que lembro tantos fatos desse tempo.
E ai, Carol ( a aluna que me mandou o bilhete), com tudo isso desenterrado eu só posso dizer que ter sido professora foi a melhor coisa queeu podia ter escolhido, meu tempo passou, hoje não tenho mais aquele gás, a lembrança e a certeza de ter feito bem feito, essas coisas me enchem de uma sensação tão boa, tão gratificante e eu também agradeço à todas as crianças que fizeram parte dessa história, a nossa história!


7 comentários:

asnalfa disse...

Que linda sua historia Paola! É tao bom ficar sabendo o que aconteceu com aquelas criancinhas para que demos aulas, educamos.... "Será que formou em arquitetura?", "Já virou pai?", "Casou?".
Afinal, é bom sabermos que o nosso trabalho não foi em vão. Porém, fiquei com uma dúvida: Vc trabalha com o quê agora? Pensei que fosse pedagoga!

LuMa disse...

Paola, deve ser muito gratificante, tudo isso!

A gente pode medir a cultura de uma nação através da relação que o Estado tem com os professores. Lamento pelos excelentes professores que temos, pois nadar contra a corrente (e sem recursos) não deve ser fácil.

Milena disse...

Então eu fico aqui emocionada! Lembrando de tudo que vc me ensinou... Foram os melhores anos da minha vida, e agora olhando pra essa foto... Nossa fantasia, nossa ala, eu sei que eu era feliz e sabia! E muito se deve a vc!
Obrigada pela contribuição que vc deu pra minha vida! Dizem que alguns professores marcam a gente pra sempre... Vc foi a melhor, a que mais marcou!
Obrigada!
Um beijo grande.

Incontinente disse...

A Mi disse tudo, na verdade...

Fiquei mto emocionada e tmb tenho ótimas lembranças do Galileu... era realmente um lugar de gente feliz, pelo menos foi assim enquanto eu tinha seu colo pra chorar quando tirava B.

Aquela foto é incrível!
Me deixou mto feliz!

Beijos, professorinha!!!!

Paola disse...

O próximo post é uma continuação dessa história!

Patty Lua disse...

A Mi e a Mari realmente falaram tudo, foi mto especial ter vc como professora e as vezes me pergunto como foi q vc conseguiu nos marcar tanto... hehe Mas a resposta é facil, ser uma professora e principalmente uma pessoa incrivel é a resposta p/ qdo eu me pergunto isso, tudo foi mto especial, mto marcante e nos fez mtoooo felizes e ainda faz, qdo lembrando de tudo que já fizemos juntas...

OBRIGADA ETERNAMENTE POR TUDO!!!

Bjos e + bjos.

Dinorah disse...

É claro que vim correndo saber de suas atividades. Que coisa mais bonita! Tudo. O trabalho - o outdoor - o depoimento de seus alunos é emocionante. Parabéns, você realmente é 10!