quarta-feira, 17 de setembro de 2008

... e por falar em memórias....


Entrei na escola aos cinco anos, a escola era muito legal, mas eu chorava muito, meus irmãos ficavam em casa com a minha mãe! A escola era bem pertinho de casa, e era ela que me levava, a pé! Essa parte eu adorava.
Logo todos entraram na escola, já erámos cinco filhos, a escola mudou-se para uma casa bem grande no Ibirapuera, a casa era de uma família que tinha 12 filhos! 12, vejam só! (O grupo na foto, está no pátio, bem na frente da escola, a professora chama-se Cristina. Eu estou na foto, duas das meninas também se chamam Cristina!)
Minha mãe, para levar todo mundo para a escola, precisava de um carro, adquiriu-se, então, um Fusca! Verde, com os frisos cromados! Com a mudança da escola, os antigos vizinhos se mobilizaram e organizaram um rodízio, isso mesmo, um rodízio, nós cinco, a Cristininha (ela está ao meu lado na foto!), e os irmãos Teti, Guilherme e Martinha!
Íamos com minha mãe, de Fusca, e às vezes o pai e a mãe da Teti iam nos buscar, a mãe deles não dirigia, o pai que era médico, às vezes podia ir nos busacar, ele tinha um TL! O conforto era o mesmo do Fusca!
Rodízio, antigamente era assim, sem cinto de segurança, criança na frente, criança no chiqueirinho, um no colo do outro, as malas, tudo misturado!
Carro de palhaço? Eles aprenderam com a nossa experiência! Sobrevivemos, hoje somos todos responsáveis, as crianças andam no banco de trás, direitinho!
Há dois anos eu, sem querer discobri a tal da família dos 12 filhos!
Eles existem, não era uma lenda urbana!
Uma das irmãs é a professora que a minha caçula mais ama na vida!
Essas fotos eu peguei do ábum de fotos do grupo de amigos, do qual eu faço parte no Yahoo!

5 comentários:

Kenia Mello disse...

Oi, Paola, obrigada pela visita!

Eu estudei a vida inteira numa escola perto da minha casa, ia andando também, foi uma época muito feliz na minha vida.

Infelizmente, o colégio acabou há uns cinco anos e o prédio foi demolido esse ano. Uma parte da infância e adolescência foi junto...

Beijos.

Patricia Daltro disse...

Oi Paola, minha mãe sempre foi meio cigana, rs, por isso, mudei muito nos tempos do colégio, mas, de casa, não de colégio, esse continuava sempre o mesmo, então eu acabava tendo que fazer quase viagens para chegar no colégio. Nossa, fiquei passeando pelo seu blog, lendo suas lembranças. Muito legal. Muito prazer em te conhecer.

Patricia Daltro disse...

Esqueci de colocar meu blog! rs.

Victória disse...

Paola leva as fotos pro clube?....

Victória disse...

Paola leva as fotos pro clube?....