quinta-feira, 8 de março de 2012

Decisões de Matilde

- Bom dia Maltilde!
- Bom dia!
- Senta ai, minha filha, toma um cafezinho comigo!
- Sentar eu sento, mas eu não vou querer nada,não, obrigada!
- Nada?
- Nada!
- Como assim? Você está recusando uma xícara de café? Nem um tequinho de pão? Olha que está fresquinho, fui buscar agora mesmo! Você está doente?
-  Não, obrigada!
- Que você tem?
- Eu me desviei do caminho, agora meu corpo está cobrando o preço!
- Ai, Matilde, que é que você tem? Você está assustada com o colesterol?
- Também, mas  é o pançol que está me  incomodando!  Antes tudo era muito fácil, eu me moderava e tudo ficava bem, mas agora qualquer coisa que eu ponho na boca vai direto para minha bunda e nunca mais sai!
- Você nunca comeu chocolate, cortou os ovos, a carne vermelha, laticínios, queijos, manteiga, e agora que vai fazer? Você já deu uma emagrecida!
- Deve ser fotossíntese!
- Você está tomando clorofila?
- Não, é que eu só como verduras, legumes e frutas, é o que estou comendo!
- Você não pode ser radical!  a tireóide, como está?


- Funcionando que é uma maravilha! Radical é o meu guarda-roupas, as roupas se revoltaram e nada mais está servindo!
- Deixa de exagero!
- Exagero é o ponteiro da balança!
- Mas você emagreceu!
- Sim, dois quilos e meio em cinco semanas, por isso que ainda estou vestida, ainda tenho umas coisas que entram...
- Matilde, faz um ano que você está fazendo dieta?
- Pois é,  mesmo assim apareceu esse abuso de colesterol e o peso não desce! Acho que isso é resultado dessa menopausa maluca, por isso que eu decidi procurar um auxílio profissional!
- Sua médica que mandou você cortar tudo?
- Não, ela mandou eu me controlar, mas como comigo não existe meio termo tive que partir para cima!
- Cuidado, hein!
- Tem perigo não, os elefantes só comem capim e mesmo assim pesam uma tonelada!
- Então toma um copo de água?
- Água eu posso!

Um comentário:

Clara Lopez disse...

Esse deveria ser meu modelo, só assim pra resolver meu problema de peso, já fiz esse tipo de dieta muito na vida, hoje me sinto menos capaz, mas...
abraço,
clara